Com a intenção de estreitar as relações do governo do Estado e prefeitura de Pirenópolis para a realização da 4° FliPiri –  Festa Literária de Pirenópolis, foi realizada uma reunião na tarde desta segunda-feira, 26, na sede da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás), para discutir parcerias para a 4° Flipiri. Além disso, também foram feitas as primeiras conversas sobre a 13ª edição do Festival Canto da Primavera.

A equipe de Difusão Artística da Secult, liderada pelo superintende de Ação Cultural, Fabrício Nobre, recebeu o prefeito de Pirenópolis, Nivaldo Melo, e o secretário municipal de Cultura, Gedson Oliveira.  Na pauta, os objetivos, metas, importância e as atrações da Flipiri, a ser realizada no período de 2 a 6 de maio, no Município de Pirenópolis.

O evento é promovido pela prefeitura de Pirenópolis e Instituto Casa de Autores, em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional– Iphan e Sebrae/Goiás. E este ano o projeto cultural foi selecionado para receber patrocínio do Banco Nacional do Desenvolvimento – BNDES e da Petrobrás.

A Festa Literária de Pirenópolis já desponta entre os sete principais eventos de literatura do país. O projeto é uma iniciativa que visa dar continuidade a uma prática de difusão do livro e doação de acervos para comunidades locais, englobando a participação de alunos e professores de diversas unidades da rede municipal de ensino. O objetivo é fazer de Pirenópolis e cidades vizinhas uma região de leitores.

A programação tem entrada franca e compõe-se de apresentações artísticas e encontro entre escritores e leitores, além de atividades que se estenderão para os municípios de Cocalzinho, Corumbá, Pirenópolis e seus 10 povoados.

Com o tema “música”, a Flipiri 2012 rende homenagem ao escritor, jornalista e músico Luís Fernando Veríssimo, e ao cronista, historiador, ensaísta e poeta goiano José Mendonça Teles.